sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Unida na Diversidade


“Unida na Diversidade”, a divisa da União Europeia, serviu de mote à aula-debate de hoje, com o Doutor Pedro Faria e Castro, que em representação do Centro de Informação Europe Direct dos Açores, nos veio ajudar a compreender a importância do Património Cultural enquanto elemento fundamental da identidade e da memória dos cidadãos europeus.


 


 Segundo o nosso convidado, é, justamente, a diversidade de culturas, tradições e línguas que torna o projeto europeu mais significativo e enriquecedor, cabendo à União Europeia valorizar e respeitar essas diferenças que muitas vezes têm raízes comuns. Para melhor se compreender a diversidade cultural, recorreu-se a exemplos da religião e das línguas oficiais de cada país enquanto garantias da identidade dos povos, mas que deverão coexistir pacificamente no conjunto da UE.



Salientou-se que, de facto, não é possível compreender a Europa se não se conhecer cada cultura, ou seja, “só conhecendo o que é nosso é que pode compreender, aceitar e respeitar a cultura dos outros”. Neste sentido, é tão importante saber quais os traços comuns que constituem o Património Europeu como encontrar as diferenças que distinguem essa herança cultural.



Após apresentação do projeto eTwinning "Património Cultural Europeu: a nossa memória, a nossa identidade", que o Clube está a realizar com a escola CEIP Les Arenes de Valência, os alunos colocaram algumas questões ao Dr. Pedro Castro.



Foi entregue a cada participante o livro À descoberta da Europa, uma oferta do Europe Direct dos Açores.





Agora já na posse do Passaporte para a União Europeia (oferta do Espaço Europa), os nossos jovens embarcaram numa viagem até Espanha, Lituânia, Alemanha… à descoberta do Património Cultural Europeu. Boa viagem!